Arquivo do autor:Marina Rentes

Sobre Marina Rentes

A antítese ambulante.

I Won’t See You Tonight (Avenged Sevenfold)

… Você não vê, não é? Essa neblina que criou nos próprios olhos… Gostaria de fazer o mesmo. De não ter, nos meus, a verdade tão clara. Nesse exato momento, é tão clara que cega-me os olhos. E nesse instante, … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Hurricane (30 Seconds to Mars)

… Dói soberanamente a tua lembrança. E tudo no mundo me lembra de ti. Como lidar com a melancolia crônica? Nomenclatura proibida — Seu nome — em mente. Ainda assim, sorrio. Pois da depressão em que me encontro principalmente por … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Vacant (Dream Theater)

… Aquele sentimento vago de que o efêmero foi eterno em sua época. A nostalgia incompleta que termina seu ciclo contra todas as leis da filosofia. Termina, e nada resta. Apenas a lembrança desacompanhada de sentimento. Solitária. Não creio que … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

A Dangerous Mind (Within Temptation)

… Me sinto vazia. Há aquela confusão, sabe? Sabe, eu sei que sabe. Angústia por não saber o que se passa dentro da própria mente. E não é que dói? E dói mesmo. Você sabe, não sou muito sensível à … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

No Matter What (Papa Roach)

Não importa onde você está, por enquanto. Você está aqui comigo. Sinto a brisa fria e não sei se é um presságio. Não sei se é um bom ou um ruim. Pouco sei quando se trata de você, você sabe. … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Missing You (Franz Ferdinand)

… – Onde estou? – Perguntou a moça, olhando à sua volta. – Você não está. – Ouviu. – Onde ele está? – Divagou ela, reconhecendo o sonho que já tivera tantas noites antes. – Ele não virá. Ela tinha … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários